Logon

DÚVIDAS FREQUENTES


O Teste do Pezinho pode ser realizado em qualquer idade?

Mito. O Teste do Pezinho é um exame de prevenção, portanto deve ser realizado logo após as primeiras 48 horas de vida do nascimento, entre o 3º e 5º dia de vida do bebê. O diagnóstico precoce das doenças do Teste do Pezinho previnem a Deficiência Intelectual e melhoram a qualidade de vida do bebê e da família.

O Teste do Pezinho detecta a Síndrome de Down?

Mito. O Teste do Pezinho, aquele exame que colhe algumas gotinhas de sangue do calcanhar do bebê ao nascer, identifica doenças genéticas, congênitas e hereditárias, assintomáticas no período neonatal, que podem causar a Deficiência Intelectual, se não forem tratadas precocemente, e causar prejuízo à qualidade de vida.

A Síndrome de Down não é detectada no Teste do Pezinho, mas sim durante o exame clínico realizado por um médico que observa as características físicas do bebê. O exame do cariótipo é realizado para confirmar a Síndrome de Down e determinar o risco de recorrência.

O Teste do Pezinho machuca o bebê?

Mito. O calcanhar é uma região bem vascularizada, por isso bastam algumas gotinhas de sangue. O teste é simples, rápido e realizado através de um furinho no calcanhar do recém-nascido. É importante lembrar que este exame é essencial para a vida do bebê.

A impressão plantar que a família recebe da maternidade é o Teste do Pezinho?

Mito. O Teste do Pezinho é aquele exame que coleta algumas gotinhas de sangue do calcanhar do bebê após 48h de nascimento.

É importante buscar o resultado do Teste do Pezinho?

Verdade. É muito importante que ​o responsável pelo bebê busque o resultado do teste do pezinho e leve ao pediatra.

Os bebês que nasceram prematuros ou que realizaram transfusão sanguínea devem realizar uma segunda coleta do Teste do Pezinho após 120 dias?

Verdade. Todos os bebês que nasceram prematuros ou que receberam transfusões sanguíneas realizarão duas coletas em momentos diferentes, sendo que a primeira após 48 horas de vida e a segunda com 120 dias após a data de nascimento ou da última transfusão. A prematuridade e a transfusão podem interferir na identificação da doença falciforme e outras hemoglobinopatias, por isso a importância de retornar para realização da segunda coleta.

Os bebês que nasceram com muito baixo peso devem realizar uma segunda coleta do Teste do Pezinho?

Verdade.  Todos os bebês que nasceram com muito baixo peso, isto é, menor que 1500g, devem realizar uma nova coleta no 16º dia de vida para hiperplasia adrenal congênita, uma das doenças do teste do pezinho.

A segunda coleta do Teste do Pezinho para fibrose cística deve ocorrer entre o 16º e 45º dia de vida do bebê?

Verdade: O período de coleta do teste do pezinho deve ocorrer após 48 horas de vida preferencialmente entre o 3º e o 5º dia de vida do bebê. A 2º coleta para fibrose cística deve ocorrer entre o 16º e 45º dias de vida. A partir do 45º dia deverá ser realizado o Teste do Suor para confirmação​

Rua Loefgren, 2109
Vila Clementino
São Paulo, SP - Brasil
CEP 04040-033

+55 11 5080 7000

Feito com pela Mult-Connect